quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Outroras


 Sinto saudades
De outrora
E outrora
Sentirei saudades
De agora
Que, por fim, se tornou
Outrora

5 comentários:

Cortezolli disse...

Deveria ser "efêmera" desde sempre. Já que meus segundos se passaram pensando no agora, que nesse momento deixou de ser...
Amei esse blog.

PS - Leio tanta "merd@" todos os dias, porém, não posso me queixar, sou muito bem paga para isso. Rsrs

Mensagem Efêmera disse...

Olá, Cortezolli! Fico muuito feliz que você tenha gostado do meu blog *-*

Digo que também achei o seu muito legal, tanto que está no "Vale a pena ler" xD

Ah, sobre ler merda, bem, são ossos do ofício né... O que importa é TER NOÇÃO de que é uma merda rsrs.

Abração, volte sempre ! =D

Genny LiMo disse...

;) Ah, a beleza esquecida não reluz como as lembraças doces do passado que consagrasse em cada minuto disperdiçado e contado no relógio de nossas vidas.


(risos, eu sou realmente tola)


;*

Mensagem Efêmera disse...

Você não é tola, minha cara ! *-*

Genny LiMo disse...

Aham, Claúdia! ;****~