domingo, 30 de março de 2014

Líquido Celestial


Lágrima do céu,
Cai gota a gota,
Até se tornar troféu 
Pois a natureza não aceita derrota. 
De folha em folha se embala, 
Escorregando pelo galho, 
Fixa na pétala... 
Orvalho.

quarta-feira, 26 de março de 2014

Utopia


Aumente o zoom
Consegue enxergar 100%?
Somos todos um.
Haverá um tempo
Em que não será preciso
Nenhuma lupa
Nem juízo
Pois não existirá culpa.

Aumente a mente
Consegue enxergar no total?
Somos todos gente.
Haverá um dia fatal
Em que não será necessário
Nenhum holofote
Nem ego exacerbado
Pois não existirá fraco ou forte.

Aumente a visão
Consegue enxergar bem?
Somos todos canção.
Haverá um dia também
Em que só se ouvirá uma voz
Nenhum semitom
Nem desafinação feroz
Pois não existirá falta de dom.

Aumente o panorama
Consegue enxergar com exatidão?
Somos todos raça humana.
Haverá uma época de revelação
Em que só se falará de abundância
Nenhuma terra infértil
Nem ganância
Pois não existirá tiro de projétil.

Aumente a perspectiva
Consegue enxergar com senso?
Somos todos massa viva.
Haverá uma era de consenso
Em que o foco será a mudança
Nenhum ócio contraproducente
Nem desejo de vingança
Pois a prioridade será o presente.

Aumente a lente
Consegue enxergar direito?
Somos todos esse presente.
Haverá um período de respeito
Em que o objetivo será a unidade
Nenhuma grade, cerca ou muro
Nem individualidade
Pois a intenção será construir o futuro.

domingo, 23 de março de 2014

Nômade



Nasci circense;
Nem americana,
Nem amapaense:
Sem morada.
Conheci apenas,
A duras penas,
O pé na estrada.
E, como passe de mágica, 
Vi-me numa peça 
Épica, romântica ou trágica: 
Estava presa 
Por vontade própria 
Na cidade ilusória 
De teus lábios. 
No picadeiro 
Estava entregue por inteiro 
Em teus braços. 
Depois de rodar tantos bares, 
Estava eu ali, 
Alvo de teus malabares, 
Como vítima que ri 
De seus azares. 
Nunca caí do trapézio: 
Meu truque é ser alada. 
Mas no fim, dei-me por vencida... 
Todos disseram: “palhaçada”! 
Julgaram-me descabida 
E seguiram viagem 
Enquanto eu escolhi a vida 
Sem quilometragem.

segunda-feira, 17 de março de 2014

Definição



Amor:
Quatro letras, um vocábulo
E ao mesmo tempo tão arbitrário
Que nenhum dicionário
Consegue, de fato, conceituá-lo.