terça-feira, 27 de março de 2012

Temp(er)o


 Todos temem o tempo;
O tempo é temido por todos.
Por que todos temem o tempo?
O tempo é um tirano tolo!

Tolice é temer o tempo;
O tempo tempera a todos.
Nem todos temperam o tempo,
Tirano dos temerosos tolos!

O tempo tirano é tolo:
Quem o teme é também.
Tolo é o temeroso
Que não tempera o tempo que tem.

quinta-feira, 1 de março de 2012

Dar à Luz


Fui parida pela língua
E nasci com o dom das palavras...
Se um dia eu morrer à míngua,
Rejeitar-me-ão as necrófagas larvas.

Pois poeta de verdade não morre,
Posto que jamais é esquecido:
O verso ganha vida própria e corre,
De boca em boca é dito.

Ser gerada assim é uma grande sorte
Que me garante eterna vida:
O corpo pode até se entregar à morte,
Mas a arte será sempre reconhecida.