sábado, 23 de julho de 2011

Ser de Capricórnio


Você metade gente
Metade bode
Em dezembro ou janeiro
Nasce em meio à ode

Responsável
Tem o poder na mão
Lìder nato
Vive solitário
Não é ser de Sagitário
É ser de Capricórnio

Nativo de Saturno
Naturalmente noturno
Mais equilíbrio que Libra
Signo que tem fibra

Manda e desmanda
Sucesso em qualquer profissão
Só não manda nem desmanda
No teu frágil coração




Esse poema é uma intertextualidade com a música Ser de Sagitário, de Adriana Calcanhotto. Para conhecer a letra, clique aqui.

10 comentários:

Maysa Brandão disse...

Não sei pq, mas acho mais legal ser de sagitário. HAHAHAHA
Brinks,
Tá mt legal ^^
Beijos

A.S. disse...

Mas eu sou capricórnio e gostei do teu texto!... :)

Beijos!
AL

Gessy disse...

Eu também sou do signo de Capricórnio!
Adorei o texto! :)

Luna Sanchez disse...

Adoro a tua criatividade e o teu talento, já te disse isso, né, moça?

Faz mais desses? Faz?

"Gulosa de" textos de qualidade, eu.

:p

Um beijo.

Genny LiMo disse...

Gostei, as rimas ficaram ótimas. =)

Thiago Nogueira disse...

Eu gostei muito!

- cleber eldridge disse...

Tenho alguns amigos de Capricornio e eles são muitos parecidos, dificeis e quase sempre muito religiosos.

Andressa disse...

Sou canceriana, me dou bem como todo mundo. huahsauhsauhsasas

Janaína de Souza Roberto disse...

Sou de leão, mas gostei de ler o "ser de capricórnio". Acredito somos metade luz, metade escuridão!

Mensagem Efêmera disse...

ficou ótimo, faz do meu mana! rsrs