terça-feira, 1 de março de 2011

Missão Misteriosa


 Todo tempo questiono
Se sou uma boa pessoa
Me critico, perco o sono
Acho que vivo à toa

Às vezes acabo percebendo
Que me preocupo tanto
Mesmo que fique sabendo
Que nem eu nem ninguém é santo

Às vezes me sinto um nada
Queria ser bem melhor
Não sei a missão que me fora dada
Cumpri-la é mistério ainda maior

Mas, no fundo, sei que, se estou aqui,
É para ajudar alguém
Então, por enquanto, me contento assim:
Em não fazer mal a ninguém.

6 comentários:

Karine Lima disse...

Oi, adorei teu blog
estou seguindo,
visita o meu e se gostar
siga tbm! Um beijo.

livreelouca.blogspot.com

Betina disse...

Lindo, titia!

Genny LiMo disse...

Eu também penso dessa mesma forma, meu bem.

Boa terça-feira, fique bem.

=*

Zaine Emille *-* disse...

Eu só sei que gostei muito *----* e que o usei pra declamá-lo em sala de aula o/// ainn que FELIIZ ! Beijoos

Amor cafona disse...

Tenho que declarar que amo os seus textos. Obrigado por existir.
Um beijo enorme do seu Amor Cafona. ;D

Marvin Cross disse...

Lembro-me de uma vez que estávamos comentando sobre ALianças, o fato de a história tratar de propósitos na vida das pessoas, e vc ficou se perguntando qual seria o seu, qual seria sua missão... Lendo este texto, foi o que me recordei...