sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Bilhete único



Amar é desafogar a mala
para na mão caber a bagagem.
Amar é dizer que vou deixar de amá-la
para deixá-la seguir viagem.
Amar é devorar a dor que cala
para que a despedida peça passagem.

Nenhum comentário: