sábado, 16 de novembro de 2013

Regência


Teu nome
Verbo intransitivo
Que cabe em minha boca
Em cada sussurro ao pé do ouvido.

Meu sentimento
Verbo transitivo eterno
Amo, a partir desse momento,
Você: objeto direto.

Necessidade latente assim
Também requer complemento:
Preciso de você, rente a mim,
Com preposições em movimento.

Tu, tão cheia de predicados;
Eu, tão carente de predicativos;
Tu, sujeita a mil pecados;
Eu, conjunto de frases sem sentido.

Nós, oração de mensagens repletas;
Nós, semanticamente perfeitas;
Nós, formas morfológicas completas;
Nós, linguisticamente eleitas.

Sintaxe
Nossa.
Sinta-se...
Minha.

4 comentários:

Jaci Rocha disse...

Lindo!

Carlos Marcos Faustino disse...

Muito Lindo isso. Muito lindo mesmo!

B. disse...

O seu texto mais lindo e encantador que eu li até hoje.

Farfalla disse...

Liiiindo! Belíssimo,Lara! Ele progride com tanta fluidez, que parece a calmaria de um riacho. Amei!