terça-feira, 16 de julho de 2013

Do1s


Nós
Num nó de dois corpos
Até o nós
Ser um só ser.
Laço de fita,
Menina bonita,
Até desamarrar
Desatar o nó
Do tecido
E (me) amarrar
Em teu quadril despido.
No teu mar de amar,
Par de amor:
A teu dispor
Ponho-me
Pois morrer de amor
É viver o um.
Pois viver o nós...
É ser.

7 comentários:

B. disse...

Lindo mesmo é quando os dois amantes, se transformam em um só ser.
Belo poema para corações apaixonados *-*

Edilson Cravo disse...

Lara:

A fusão da confusão dos corpos...maravilhoso.

Beijoo.

Smareis disse...

Maravilhoso, uma construção perfeita.
Num nó de dois corpos, dois sendo apena um, corpo e alma.
Gostei muito!"
Beijos!

Karlinha Ferreira disse...

Coisa boa é está apaixonada hein Larinha???
Rs...
Texto doce, quente e instigante...

Beijo grande!!!

Amor cafona disse...

Adoro nós e laços. *_*

Jaci Rocha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaci Rocha disse...

Que lindo! Que lindo! Que lindo! Será que a mesma significação do meu título, Larinha? nhá! Acho que sim. Que legal! :)