quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Moeda de Troca


A fé que acalma um coração aflito
Amansa o desespero e ameniza o conflito
É a mesma fé que na alegria concebida
Não agradece a graça concedida?

Jamais! A fé nada tem a ver com essa culpa.
A falha é do falso fiel que, sem desculpa,
Sabe pedir e espraguejar à vontade
Caso não consiga o que almeja da divindade.

Crença não deve ser objeto de barganha;
Deixar promessa pendente é baixeza tamanha!
Nessa vida, tudo pode ser comprado,
E entre corruptos também ser negociado...

Entretanto, um acordo humano
Não é válido no fim, pois é algo mundano:
Além do plano terreno, há muito mais!

Quando um corpo sucumbe e na cova jaz,

Não há como, depois, tentar moeda de troca.

Se a alma é pura, mediana, ou porca,
Assim será julgada sem tabela de preço:
O que é feito aqui hoje, define um futuro endereço.

6 comentários:

nilson disse...

Tão pequeno o ser humano que se arvora em negociar com Deus.
Preso que é a rótulos passageiros e ilusórios, não percebe o quanto é efêmero, frágil e dependente.

Sempre bom te ler!

http://www.facebook.com/EnquantoADorNaoPassa

TiagoQuingosta disse...

Venha a nós e vosso reino: nada.

Genny disse...

Amém! :)

Criança Lúdica disse...

Ótima crítica a esses "messias" que tentam vender passagens ao Paraíso, ou coisa do tipo. Gostei muito, muito mesmo. Aprecio profundamente a ideia de utilizar da poesia, da metáfora, para construir críticas. Agradeço por proporcionar tal reflexão aos seus leitores. A mensagem, se atuar sobre muitas mentes, tem o poder de criar redes de conhecimento e reflexão.

Boa noite.

Jaci Rocha disse...

Tanta gente tenta inverter e fazer Deus de "servo"...realmente um absurdo. E a poesia é linda,menina!=)

Suelen Muniz disse...

Oi Lara,
ótima reflexão!Me assusta a ideia de pessoas usando de maldade uns para com os outros e querendo justificar ser um ato em nome de Deus,me assusta semelhantes que julgam um ao outro,certamente esses não conhecem o verdadeiro amor de Deus.
Fé é aquela força que nos faz seguir e o que fazemos nessa terra que seja justificado por vontade própria e não usando dessas artimanhas.
Uma ótima quinta,=)