segunda-feira, 2 de julho de 2012

Mesóclise


Após ser tão criticada,
Chamada de obsoleta, antiquada,
Do tempo do guaraná com rolha
Por ainda utilizar a mesóclise,
Fiz uma importante escolha:
Calar-me-ei eternamente.

11 comentários:

Elisa Cunha disse...

eu adoro mesóclises!

Al Reiffer disse...

Gostei dos teus poemas, bem feitos, criativos, com qualidade, parabéns!

Betina M. disse...

Haha, muito bom!

B. disse...

Não é necessário calar-te. É necessário provar aos 'críticos' o quão importante são as suas palavras.

VerMent* disse...

Uai, o mundo é mais velho que o guarána com rolha e não nos abstemos!

#Eu, amo o acento de idéia, e vou usá-lo até que a morte nos separe..huahahaha

Cadinho RoCo disse...

Calar-te-as por quê?
Cadinho RoCo

Cadinho RoCo disse...

Calar-te-as por quê?
Cadinho RoCo

Cadinho RoCo disse...

Calar-te-as por quê?
Cadinho RoCo

Evelyn Dias disse...

Oi! Tem um carinho pra você lá no blog! É só clicar na aba "Selinhos". Beiijos flores (:

Karine Tavares disse...

Teu blog é ótimo!Parabéns!

Vem conhecer o meu:
leiakarine.blogspot.com

Mirella de Oliveira disse...

Acho fino. Adoro!

rs

Não te cales, porque entristecer-me-ia.

=)