domingo, 15 de janeiro de 2012

Caverna



Para cortar lenha, subi a serra;
Desviei das pedras e montanhas de terra...
Num perigoso abismo além das curvas,
Após horas de viagem, visão turva.

Descendo mais a cordilheira que resta,
A superfície rochosa deu lugar à floresta.
Numa planície entrecortada de arbustos,
Substituindo os montes que formam teu busto.

Logo encontrei uma depressão profunda
Tal qual uma caverna úmida...
Anoitecia até que adentrei o local quente
E lá passei a madrugada latente.

Quando meu passeio terminou, enfim,
Eu ingênua pensei que havia chegado ao fim
E que eu poderia voltar para minha casa:
Quando vi que ainda estava acesa a brasa.

20 comentários:

nilson disse...

Quente.

Marvin Cross disse...

Caraca, tava quase sendo o primeiro a comentar... Mas enfim, quando pensei que estava vendo um trabalho diferente do habitual, da Lara (claro, com bastante suspeita), eis que me deparo com as mais puras insinuações ardorosas e intensas, tipicamente Utzigiana...

Parabéns, a poesia prevalece!!!

Malvo.Woodstock disse...

Em uma caverna eu estive, porque melhor que ler, é poder se deleitar de cada palvra e se sentir dentro da obra. Linda poesia. Estarei seguindo.

bjs, Raehli Hage.
http://nidum.blogspot.com/

Joicy Sorcière disse...

Uau... palavras intensas, heim!? Gostei do seu blog... com certeza, voltarei mais vezes! ;)

Abraços

JoicySorciere => Blog Umas e outras...

Simone MartinS2 disse...

Bom dia...adorei teu blog., estarei por aqui se voce assim permitir...lindo demais! "Amor em brasa, fogo latente, explosão de almas sempre contente!" bjinhos

Genniffer Moreira disse...

Habitar tal caverna e conseguir uma fogueira calorosa, a inspiração não poderia ser tão sublime e proveitosa.


Boa semana!

AquilesMarchel disse...

hmmm

li duas vezes pra ter certeza do que entendi...sou fraco pra linguagem trabalhada

muito bom
sensual...diferente

isso alivia minha forma menos rebuscada de escrever bjus

Jaci Rocha disse...

A poesia é perfeita,forma e sutilezas próprias,Lara!
COmo sempre, é um deleite passar por aqui e acompanhar os teus escritos em verso e prosa! =)

Luciana Santa Rita disse...

Lindo e perfeito! O fim não chegou e simples assim, o fim é só o começo.

Lu

Marcus Natir disse...

Gostei!

Ricardo Miñana disse...

Hola muy bonitas tus letras.
que tengas feliz semana.
un abrazo.

Brenda disse...

Que bom que a brasa ainda estava acesa. Gostei (:

Beijos

Christian V. Louis disse...

Muito bom o início, passou uma descrição de algo meio cansativo e depois, ele se torna sexualizado e a leitura flui melhor em todos os sentidos.
Você consegue nos passar exatamente o que estava sentindo ao criar esta poesia Lara e isto é para poucos.

Arianne Carla disse...

"Eu ingênua pensei que havia chegado ao fim". Já pensei isso tantas vezes e do nada aparece outros caminhos. Não conhecia seu blog, mas foi um encanto muito grande ter o prazer de estar aqui. Já estou seguindo e coloquei na minha estante de favoritos. Quero sempre tá por aqui.
http://eppifania.blogspot.com/

Evelyn Dias disse...

OH! Magnífico. Caramba, você faz umas poesias espetaculares. A imagem, gostei bastante. Beijos.

Eliakim - www.geoabrangencia.blogspot.com disse...

Fortíssimo ... Ardente
Cuidado, nas cavernas moram ursos ou lobos que podem te levar pra lá e te " prender " pro resto da vida rsrsrs
se é que me entende

Natália Rocha disse...

Que permaneça enquanto houver chama, calor. É ruim interromper histórias.

Sabe do que lembrei? Daquela música: Mas se eu digo venha, você traz a lenha pro meu fogo acender.

Teu poema é tão lindo quanto essa música.

beijo, Lara!

• Ӗwerton Ľenildo. disse...

Pegou fogo e incendiou o babado. SAOIADSOIAOSDOASDIO Minha querida você escreve muito bem viu? Meus mais sinceros parabéns. Me arrepiou em algumas partes. Estou seguindo seu cantinho com maior prazer rs
Visita e segue o meu se gostar também? Sinta-se convidada ;)
Sucesso SEMPRE viu? beeijão ;*


Ewerton Lenildo – Academia de Leitura
papeldeumlivro.blogspot.com
@Papeldeumlivro

Mah disse...

Gosteeeeei, apesar de me soar triste.
Vc escreve muito bem e sabe brincar com as palavras :D

Beijos

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Olá!
Fiquei muito feliz em conhecer o seu blog.
Gosto muito de ler textos e poemas, isso faz com que eu cresça cada dia mais.
A vida se torna interessante, à medida que encontramos pessoas como você.
Grande abraço
Se cuida