segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Morfologia do Amor

Nos livros de Língua Portuguesa, a palavra AMOR seria classificada morfologicamente como: substantivo comum simples abstrato primitivo. Vou ter que discordar.
Amor, de comum e simples, não tem nada. Se fosse simples, não faria chorar e sorrir ao mesmo tempo, tampouco ocuparia tanto nossa vida. Pode ser comum entre toda a raça humana, mas cada ser ama de uma forma única, e demonstra como sabe ou consegue.
E quem disse que é abstrato? Vejo o amor como algo palpável. Posso perceber o brilho nos olhos dos apaixonados, sentir o calor nos abraços de quem quero bem, e sou capaz de ouvir meus batimentos acelerados a cada beijo. Sim, amor é real e eu consigo tocá-lo. Ele tem o formato e tamanho que quisermos.
Concordo que é primitivo, porque foi o sentimento primeiro da Terra. Dele derivaram a amizade, a saudade, a paixão, a esperança. E eu não estou falando de prefixos e sufixos. 
Outra coisa que me intriga é: AMAR é verbo no infinitivo. Só que mesmo conjugado, esse verbo designa a ação de sentir sem fim, sem fronteiras. Portanto, independentemente da desinência, será sempre infinitivo. 
Desculpe, Dona Gramática, mas está na hora de rever alguns conceitos.

6 comentários:

Amor cafona disse...

Concordo com tudo. (:

Karlinha Ferreira disse...

Pode crê!

O amor é complicado na própria definição... mas inconfundível no sentir... É incrível como o ser amado toca nossa alma, em um lugar onde ninguém mais toca...

Beijo

Daniel Savio disse...

Amor, algo que nos motiva a ponto de nos dominar...

Fique com Deus, menina Lara.
Um abraço.

Genny disse...

Ou seja, o Amor é divino.

Tenha uma ótima semana, minha cara amada amante atemporal. xD

Beijos e abraços.

'Lara Mello disse...

Adorei Lara! =)

Luna Sanchez disse...

Larinha dando um baile na Língua (repara que eu não disse "um banho de língua", se bem que, néam, seria ótimo também...rs)!

O amor, uma vez amado, se torna eterno. A fonte pode secar mas aquele amor que foi despejado no mundo, perdura.

Lindo post, bb.

Beijo grande.